quinta-feira, 24 de maio de 2012

Assalto no meu prédio

   Minha vizinha vinha chegando de carro, 7 h da noite, ontem, quarta-feira, 23/05/12.  Quando ela parou para esperar o porteiro abrir a garagem, uma moto preta com dois caras vinha atrás dela.  O porteiro viu quando um deles encostou uma arma grande na coxa. O bandido percebeu e gritou: - Se correr, eu atiro. O porteiro não quis saber e saiu correndo.
   - A bolsa - eles disseram.  Ela entregou a bolsa.
   - O aparelho - continuaram.  Os detalhes não sei mais. Imediatamente ela ligou para bloquear o cartão.  Na semana passada foi uma moto vermelha, também com dois, que assaltaram o cunhado de minha outra vizinha aqui na porta.
   Vejam que o crime é mais grave do que a simples perda de dinheiro e documentos. Existe o transtorno, o sofrimento moral que deve ser expelido da sociedade a todo custo.  Esses motoqueiros, que procuram uma maneira "fácil" de viver à custa dos sofrimentos dos outros, devem perceber que estão criando um mundo infeliz, do qual eles fazem parte.  Eles também tem que colaborar com a melhora do padrão de vida, e não cair nessa lenga-lenga de que são apenas uma vítima da sociedade, pois vítima todos nós somos, se não tomarmos atitudes para mudar nosso mundo.
   Em todo caso, fiquem alerta e antes de parar o carro verifiquem sempre se há motoqueiros por perto.
 

terça-feira, 1 de maio de 2012

O por do sol de maio

Vejam como o sol se desloca ao longo do ano. Hoje ele se pôs no norte.

Por do sol em maio

E esse aqui em janeiro
E aqui, em janeiro